Como Investir na Bolsa de Valores: Guia Explicativo

Saiba como investir o seu dinheiro na bolsa de valores de forma bem simplificada…

Antes de aprender como investir na bolsa de valores, primeiramente você deve entender como é que ela funciona. A bolsa de valores é caracterizada como uma ação que, no caso, é apenas uma pequena parte do capital total de uma instituição. Assim, toda vez que uma pessoa compra uma dessas ações de determinada empresa, ela se torna uma “sócia” da mesma.

Existem dois diferenciados tipos de ações na bolsa de valores. A primeira delas são as ações nominativas, que são aquelas que dão ao indivíduo o direito de votar nas assembleias quando elas envolvem assuntos da própria instituição (ex: PETR3). Por outro lado, você também pode comprar as preferenciais nominativas, que são aquelas em que o comprador não tem mais o direito de votar, porém, a preferência dele, neste caso, está voltada para o recebimento de dividendos (ex: PETR4).

As preferenciais nominativas, sendo assim, possuem valores mais significativos para o recebimento, enquanto são encontradas e vendidas também com maior facilidade.

como investir na bolsa de valores

Como investir na Bolsa de Valores

 
 

Mas afinal, como investir na bolsa de valores?

Em todo o território brasileiro, tanto a compra como a venda de ações ocorrem unicamente por meio da Bovespa, ou seja, Bolsa de Valores de São Paulo. As negociações, por sua vez, precisam da atuação de terceiros, que são as Corretoras de Valores, que possuem a habilitação para realizar esse processo.

O primeiro passo para começar a investir na bolsa de valores é realizar um cadastro na própria corretora escolhida, sendo este um cadastro simples em que o indivíduo precisa informar seus dados pessoais e anexar cópias de CPF, RG e também do comprovante de residência. A instituição se torna então a responsável pela abertura da conta do indivíduo na Bovespa.

Por fim, devemos ainda destacar que as ações da bolsa de valores podem ser compradas de três diferentes formas. A primeira no caso é por meio dos fundos de investimentos, a segunda por meio dos clubes de investimento, que são um pouco “menos formais” do que os primeiros, e ainda de forma individual, em que o indivíduo é a única pessoa que tem controle de todas as suas ordens, tanto de compra quanto de venda, no que diz respeito às suas próprias ações.

Caso você opte por comprar ações por conta própria, é muito importante que você estude bastante sobre o mercado de ações antes de começar a investir. Assim, você diminuirá bastante os riscos de perder dinheiro por investimentos errados.

Tem alguma outra dica de como investir na bolsa de valores, para quem está começando? Então deixe nos comentários abaixo!

 

Um Comentário

  1. Adriano Oliveira 7 de dezembro de 2016

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *