Como Investir em Ouro: Guia Prático

Investir em ouro pode representar uma segurança nos momentos de crise econômica. No entanto, para obter sucesso nesse mercado, é necessário entender bem como ele funciona.

Acompanhe agora um guia prático que explica a você como investir em ouro, trazendo todas as informações necessárias sobre o assunto, para você não perder dinheiro.

como investir em ouro

Como investir em Ouro

 
 

Como investir em ouro

O mais indicado é investir em ouro individualmente e sempre tendo a consciência de que a valorização desse material segue a lei da oferta e da procura. Nos momentos de crise financeira, o ouro (por representar uma segurança) acaba adquirindo valores maiores. No entanto, quando o cenário econômico é normalizado, os investidores são atraídos por aplicações práticas, e o material perde um pouco do valor.

Mesmo tendo momentos em que o valor está mais baixo, o ouro é considerado um dos ativos mais estáveis e seguros, pois, de uma forma ou de outra, sempre terá demanda e, por consequência, algum valor.

Passo a passo para investir em Ouro

O primeiro passo para você investir em ouro é escolher a modalidade do investimento: contratos futuros, ouro como material físico ou fundos de investimento. Caso você opte pelos contratos futuros, deverá procurar uma instituição financeira credenciada na Bovespa e negociar os contratos, baseados na quantidade de ouro (10 gramas, por exemplo).

Se você quiser investir no material físico, terá que procurar uma empresa que comercialize barras de ouro e um banco para guardá-lo, pagando a taxa de custódia todo mês. Mas tome cuidado, esse é um tipo de investimento mais arriscado, já que será difícil conseguir vender barras de ouro pelo preço que valem no mercado.

Por fim, você ainda pode optar pelos fundos de investimento, que representam a alternativa mais segura, pois a administração do ativo é repassada a um gestor. O chamado fundo ativo funciona com base na constante compra e venda de ouro para aumentar a rentabilidade, já o fundo passivo compra e se submete as mudanças de valor.

Pontos negativos

Entretanto, é preciso ter em mente também os pontos negativos do investimento em ouro, como as alterações de fluxo de importação e exportação do material, e os fatores naturais que possam afetar de alguma maneira e extração do metal.

Tem alguma dúvida sobre como investir em ouro de forma segura? Então deixe nos comentários abaixo!

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *